"Sou grata pela profissão que escolhi, pois me permite promover e resgatar a autoestima, cuidar do bem estar dos nossos pacientes, e oferecer um tratamento humanizado, sempre inovando no segmento da fisioterapia.

Drª Andréa Costa - Crefito 215921-F

SERVIÇOS

Disfunções Miccionais

Incontinencia urinária

Segundo a Sociedade Internacional de Continência (ICS), Incontinência Urinária (IU) é definida como a queixa de qualquer perda involuntária de urina.

Quais são os tipos de incontinência urinária

Incontinência urinária de esforço: é a perda de urina que ocorre ao tossir, espirrar, caminhar, correr, pular. Ocorre quando os músculos do assoalho pélvico (músculos que cobrem a cavidade inferior da bacia e sustentam os órgãos que estão no abdômen) são forçados durante esforço físico e se tornam enfraquecidos ou alongados demais. Isso leva a perdas urinárias em episódios, podendo ocorrer em gotas ou em grandes quantidades.

Incontinência urinária de urgência

É a perda de urina associada a um desejo súbito e urgente de urinar, que ocorre porque o indivíduo não consegue chegar ao banheiro a tempo. É o que ocorre na bexiga hiperativa, uma situação na qual o músculo detrusor (músculo que forma a bexiga urinária) se contrai involuntariamente mesmo se a bexiga não estiver cheia. Muitas vezes a pessoa tem que urinar com muita frequência e em algumas vezes a urina escapa antes de chegar à toalete. Essa condição pode ser tratada de diversas maneiras, incluindo medicamentos, estímulos elétricos com equipamentos de fisioterapia, uso de toxina botulínica e implantes de estimulares elétricos nas raízes nervosas.

Incontinência urinária mista

Algumas pessoas têm os dois tipos de incontinência urinária, ou tem sintomas que podem ser dos dois tipos e chamamos esta condição de incontinência mista. Algumas vezes são necessários exames mais específicos, chamados exames urodinâmicos, que ajudam a ter um diagnóstico preciso para escolher o melhor tratamento.

Incontinência urinária paradoxal

Ocorre quando a bexiga está extremamente cheia e a perda urinária ocorre por uma espécie de transbordamento; o problema nesse caso é a incapacidade de esvaziamento da bexiga, mas o sintoma é a perda de urina. É o que ocorre em pessoas que perdem a sensibilidade da bexiga e não percebem que ela está cheia. Ou ainda em pessoas com obstrução crônica, como nos homens com crescimento da próstata. Nesse caso o tratamento consiste em melhorar o esvaziamento da bexiga.

Incontinência urinária pós Protatectomia

Onde a perda urinária acontece após cirurgia de remoção da próstata.

Enurese Noturna

É a incontinência urinária que ocorre durante o sono. O xixi na cama é mais comum em crianças mas pode acontecer também com adultos. No caso de crianças o tratamento é feito de forma não invasiva.

Retenção Urinária

Situação em que ocorre dificuldade em realizar o esvaziamento da bexiga. Essa situação pode ser a causa das infecções urinárias de repetição, devido ao esvaziamento incompleto da bexiga. Em alguns casos pode até ocorrer uma perda urinária devido ao transbordamento (excesso de urina dentro da bexiga). Quando a bexiga se dilata muito para armazenar urina, há o risco de comprometimento dos rins. Sendo de extrema importância que o paciente busque tratamento com urgência.

+ Retornar